Estudo recentemente publicado mostra que pacientes coronarianos tratados segundo as orientações das Sociedades de Cardiologia mostraram qualidade de vida semelhantes aos que tiveram além deste tratamento, o implante de STENT nas coronárias após dois anos.

 

 

 

 

Comer bem

SALADA DE BROTO DE FEIJÃO

(Flávia Andrade, Nutricionista)

 

Ingredientes:

1 pacote de broto de feijão

200 g de queijo tofu

3 colheres (sopa) de shoyo
1 colher (chá) de açúcar

2 colheres (sopa) de saquê

2 colheres (sopa) de suco de limão

Pitada de ajinomoto

Cebolinha verde fatiada

Gomos de tomate-cereja


Modo de Preparo:
Coloque o broto de feijão em uma tigela, ferva 1 litro de água em uma panela e despeje a água fervente  sobre os brotos de feijão.Deixe repousar por 30 segundos e escorra bem. Leve à geladeira. Misture em um recipiente o shoyo, açúcar, suco de limão e saquê. Acrescente um pouco de ajinomoto. Corte o tofu em cubos e acrescente aos brotos de feijão, regue com o molho e misture delicadamente. Decore com cebolinha picada e gomos de tomate.

Saiba o que fazer…

> Um estudo brasileiro com 1570 escolares entre 07 e 12 anos respondeu à um questionário sobre sua forma de deslocamento para a escola. Aqueles passivos(carro/moto/ônibus) apresentaram maior prevalência de excesso de peso e de depósito de gordura, bem como  a pressão arterial elevada em relação àqueles que tinham deslocamento ativo (caminhada/bicicleta).

Previna-se


> Alguns estudos têm demonstrado que depois de um ou dois dias de grande poluição no ar aumentam as hospitalizações por doenças cardíacas,  assim como também aumenta o risco de morte por infarto ou  morte súbita. Isto pode ser devido à uma das particulas  presentes no ar poluído.

> Baseados nas evidências de estudos dos últimos vinte anos pode-se afirmar que podemos prevenir 90% das doenças coronarianas. Por exemplo: se uma pessoa de 50 anos de idade não apresentar os fatores de risco clássicos, isso indica que sendo homem e mesmo vivendo até os 95 anos de idade ele terá um risco de ter doença coronariana 90% menor e se for mulher 79% menor. Ou seja, combater os fatores de risco e ter um estilo de vida adequado desde a infância resulta em benfícios substanciais pelo resto da vida.

> Um  registro europeu feito em 12 países procurando avaliar a qualidade da prevenção em pacientes de alto risco para doenças do coração  mostrou resultados decepcionantes. As pessoas continuam fumando, existe alta prevalência de obesidade e obesidade central. Além disso o controle da pressão arterial, do colesterol e do açúcar no sangue está completamente inadequado, levando a que muitos pacientes não estejam atingindo os níveis recomendados pelos estudos.

> Os resultados de longo prazo de angioplastia ou implante de STENT nas coronárias de pacientes diabéticos mostrava evolução pior destes em relação aos não diabéticos. Estudo apresentado no último Congresso Europeu de Cardiologia mostrou resultados semelhantes com o uso desta técnica ou da cirurgia de revascularização em pacientes diabéticos, apesar da maior  necessidade de repetição  do procedimento com a técnica por cateterismo.

> Estudo italiano com quase 7.000 pacientes com insuficiência cardíaca (coração dilatado) mostrou que o consumo de 1 g diária de ôimega 3 reduziu o risco de morte e de internações por motivos cardiovasculares ou ter arritmias em relação aos que tomaram placebo.

 

 

DR. C A R L O S  S C H E R R                   

Rua Visconde de Pirajá, 595 — 1204 — Ipanema — Rio de Janeiro — CEP 22410-003

Site

www.scherr.med.br

E-mail

carlos.scherr@all.com.br
Telefone Consultório

(21) 2294-1544

Celular | Urgências

(21) 8145-8005

Skype

carlos.scherr.serv.cardiologicos

 

Caso deseje RETIRAR seu e-mail desta lista, favor enviar e-mail para:

carlos.scherr@all.com.br no campo ASSUNTO escreva: RETIRAR E-MAIL DO NEWSLETTER


Copyright (C) 2008 *| Carlos Scherr Serv. Cardiológico LTDA |* Todos os Direitos reservados.