Ano II  -  número 5 -  Maio/2010

 

 

 

 

Nova tecnologia empregada em alguns hospitais americanos usa um robô para alertar enfermeiras se o remédio ou a dose a ser dada ao paciente está errada. Esta tecnologia também ajuda a controlar as infecções dentro dos hospitais: um sensor alerta ao profissional de saúde para lavar as mãos antes de atender um paciente.  

  

 

Pacientes que costumam ter enxaqueca também tem maior incidência de diabetes, hipertensão e colesterol alto. Por isto uma avaliação de 6.000 destes queixosos mostrou um maior risco destes sofrerem eventos cardiovasculares. A enxaqueca por si só não classifica este individuo como de maior risco, mas deve ter uma maior atenção do seu médico quanto ao seu risco.  

 

 

 

 

        ———————————

 

 

Comer bem

 

 

 

Filé  Salmão com Gengibre  (Bianca Haegler – Cordon Bleu)

 

Para 4 pessoas

 

 Ingredientes:

 

300 gr de filé de salmão

Sal e pimenta

Gengibre ralado

½ limão

½ xícara de azeite extra-virgem

 

Modo de fazer:

 

Temperar os filés de salmão com sal, pimenta e suco de limão.

Ralar o gengibre e colocar por cima do salmão.

Num tabuleiro colocar azeite e os files  de salmão em cima.

Cobrir com papel alumínio.

Assar em forno pré-aquecido a 250ºC durante 20 minutos. Retirar e servir.

Fica bom também se substituir o gengibre por raspa de limão.

 

Dica: fica delicioso servir com arroz de jasmim.

 

 

 

 

 

 

Para você saber...

 

 

> História de AVC antes dos 65 anos nos pais aumenta o risco em 3 vezes  da mesma doença nos filhos; é o que mostrou estudo que acompanhou  3.443 pessoas por 8 anos.

 

> Registro com 245.000 adultos americanos mostrou que consumo de álcool em quantidade leve (3 ou menos drinks por semana) a moderada ( 4 a 7 para mulheres e 4 a 14 para homens) está associada a menor mortalidade cardiovascular quando comparados com abstêmios.

 

> Acompanhamento de atletas olímpicos italianos mostrou não haver alterações na morfologia, função do coração ou mesmo aparecimento de eventos ou sintomas cardiovasculares após anos de treinamento intensivo.

 

> Como a maioria dos infartos acontecem em pessoas de risco baixo ou intermediário, existe a necessidade de marcadores de risco melhores e o ultrassom das carótidas medindo a espessura da íntima média mostrou-se de grande validade nesta avaliação quando acrescido aos fatores de risco tradicionais.

 

> Em torno de 70% dos indivíduos que sofrem um pequeno AVC ou isquemia cerebral transitória não reconhece seu estado e 30% deles só procuram um médico mais de 24 horas após o evento, retardando o início do tratamento e perdendo  a chamada janela de ouro para maior benefício dos medicamentos.

 

 

  Previna-se

 

 

> Indivíduos obesos e diabéticos que perderam peso através de melhoria dos seus hábitos alimentares, quando acompanhados por 2 anos demonstraram diminuição das placas de gordura localizadas nas artérias carótidas. Este efeito provavelmente está relacionado a diminuição da pressão arterial. Isto pode significar também um possível ganho na redução de outras placas de gordura do corpo como das artérias coronárias.

 

> Uma dieta rica em gorduras, principalmente do tipo trans aumentou em 30% a incidência de AVC isquêmico em senhoras. Este tipo de gordura muito encontrado em alimentos pré fabricados, como tortas e comidas prontas ou frituras deve ser restringido ao máximo principalmente para crianças.

 

> O consumo de 56g de nozes por dia em pacientes diabéticos mostrou melhoria nos lipides (gorduras do sangue) e na camada interna das artérias (endotélio), que são vulneráveis ao excesso de  colesterol circulante. Portanto o consumo regular de nozes pode ser benéfico para a saúde cardiovascular pelo seu alto teor de Omega 3.

 

> O maior estudo sobre o consumo de chocolate publicado até hoje mostrou que aqueles que consomem em torno de 7,5g por dia quando comparados com os que não comem ou só o fazem até 1,7g/dia, tiveram 39% menor risco de infarto e AVC.  Este fato provavelmente está ligado ao efeito do chocolate amargo na pressão arterial. Mas atenção, estamos falando de chocolate rico em cacau e em pequenas quantidades.

C A R L O S  S C H E R R  S E R V .  C A R D I O L  Ó G I C O S  L T D A .                 

Rua Visconde de Pirajá, 595 — 1204 — Ipanema — Rio de Janeiro — CEP 22410-003

Site

www.scherr.med.br

E-mail

carlos.scherr@all.com.br
Telefone Consultório

(21) 2294-1544

Celular | Urgências

(21) 8145-8005

Skype

carlos.scherr.serv.cardiologicos

 

Caso deseje RETIRAR seu e-mail desta lista, favor enviar e-mail para:

carlos.scherr@all.com.br no campo ASSUNTO escreva: RETIRAR E-MAIL DO NEWSLETTER


Copyright (C) 2008 *| Carlos Scherr Serv. Cardiológicos LTDA |* Todos os Direitos reservados.