Ano IV -  número 03 -  março/2012

 

 

 

O registro Americano de infarto do miocárdio recém publicado revelou que mulheres que enfartam com menos de 55 anos tem maior probabilidade de não apresentar dor no peito do que as mais velhas ou os homens. Alem disto, estas tem maior mortalidade que qualquer outro.

 

 

Novo estudo inglês mostra que uma historia familiar cardiovascular detalhada aumenta significativamente a chance de descobrir pacientes com risco de doenças do coração ou mesmo já portadores dela. Isto revela o papel de um bom cardiologista independente dos recursos tecnológicos.

 

 

 

 

 

 Comer bem

 

Spaghetti Vermelho

 

 

Ingredientes:

 

queijo ricotta

queijo pecorino ralado

massa tipo spaghetti

margarina

pimenta

cubos de presunto de peru

sobra de vinho tinto

nozes

 

 

Modo de Preparo

 

Na panela para fazer massa colocar metade de água e metade de vinho tinto e cozinhar normalmente o spaghetti. Quando estiver al dente escorrer a água deixando um pouquinho da mistura de água com vinho no fundo da panela.

Numa frigideira coloque margarina, pequenos cubos de presunto de peru e pimenta a gosto.

Quando a massa estiver pronta coloque junto na frigideira para o aquecimento final e misture; coloque agora a ricota e misture mais uma vez.

Retire da frigideira e coloque no prato e então jogue por cima as nozes e o queijo pecorino ralado.

 

 Não há necessidade de acrescentar sal.

Previna-se

 

> O National Health and Nutrition Survey americano contendo a analise alimentar de mais de sete mil pessoas, mostrou que 9 em 10 americanos comem mais sal do que deviam, sendo que mais de 70% é oriundo de coisas compradas nas lojas, como pão, embutidos, pizza, sopas , sanduiches, queijo e snacks.

 

> Pessoas acima do peso corporal desejado, melhorando seu condicionamento físico, diminuem seu risco de doenças cardiovasculares mesmo quando a atividade física regular não os faz perder peso. O ideal é ter uma atividade física regular e continuada e perder peso, mas exercício por si só já é bom.

 

> Recente analise de 14 estudos em crianças e adolescentes, entre 4 e 18 anos, mostrou que exercícios de moderados a intensos de em media 30 minutos por dia podem compensar as horas  de sedentarismo em relação ao aparelho cardiovascular.Mas os maiores beneficiados foram os que tinham menos tempo de sedentarismo.

 

Para você saber…

 

> Estudo australiano mostrou que alterações genéticas transmitidas pelo cromossomo Y, exclusivo dos homens, pode explicar um aumento de 50% na possibilidade de homens desenvolverem obstrução de coronárias. Isto poderia explicar porque os homens costumam apresentar esta doença 10 anos antes das mulheres e abre um novo campo de pesquisa para a prevenção deste mal no sexo masculino.

 

> Estudo americano revela uso inapropriado de 11,6% de stents em pacientes sem doença aguda, mas o uso considerado apropriado foi de 50,4% dos casos.

 

> Quando muitos olhos estiveram voltados para o Super Bowl americano dados vieram a tona relacionados a saúde de ex-jogadores. Aqueles com menos peso apresentam menor incidência de câncer e doenças do coração em relação ao restante da população americana; o mesmo não foi encontrado para ex-jogadores com elevado peso corporal.

 

> Com a guerra contra o uso e consumo de gorduras trans, frequentemente encontradas em comidas pré preparadas, algumas margarinas, biscoitos e sorvetes, recente estudo comprovou uma queda de 58% na presença destas substancias no sangue de americanos, mostrando bons resultados num movimento que começou na cidade de Nova York aonde estas gorduras estão proibidas.

 

> Analise de 33 estudos com 1.765 participantes, mostrou que o uso de células tronco para tratamento do infarto agudo do miocárdio pode ao menos melhorar moderadamente a função do ventrículo esquerdo, mas a conclusão é que mais estudos são necessários para definir o uso deste tipo de tratamento.

 

> Atenção: uma análise de 9 estudos envolvendo milhares de pessoas recém publicado não aconselha mais uma vez o uso de aspirina como prevenção em pessoas sem doença cardiovascular ou com risco para isto. Os benefícios são modestos e os riscos de sangramento inclusive cerebral anulam os benefícios

 

C A R L O S  S C H E R R  S E R V .  C A R D I O L  Ó G I C O S  L T D A .                 

Rua Visconde de Pirajá, 595 — 1204 — Ipanema — Rio de Janeiro — CEP 22410-003

Site

www.scherr.med.br

E-mail

carlos.scherr@all.com.br
Telefone Consultório

(21) 2294-1544

Celular | Urgências

(21) 8145-8005

Skype

carlos.scherr.serv.cardiologicos

 

Caso deseje RETIRAR seu e-mail desta lista, favor enviar e-mail para:

carlos.scherr@all.com.br no campo ASSUNTO escreva: RETIRAR E-MAIL DO NEWSLETTER


Copyright (C) 2008 *| Carlos Scherr Serv. Cardiológicos LTDA |* Todos os Direitos reservados.