Ano IV -  número 08 -  agosto/2012

 

 

 

 

 

 

 

 

> Um estudo com tomografia de artérias coronárias demonstrou que pacientes assintomáticos, mas com muitos fatores de risco , apresentaram mais doença nas coronárias do que aqueles sintomáticos encaminhados para o mesmo tipo de exame. Sintomas muitas vezes não são um bom parâmetro para avaliar a presença ou o grau de obstruções coronarianas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Comer bem

 

 

Farfalle com Pesto e Atum

 

 

Bianca Haegler 

Cordon Bleu

 

Para 4 pessoas

 

 

Ingredientes:

 

- 1 pacote de farfalle

- bastante folhas de manjericão

- um pouco de salsinha

- 1 lata de atum

- 3 filés de aliche
- 2 dentes de alho

- 1 e 1/2 xícaras de azeite

- tomatinhos cereja

- sal e pimenta a gosto

 

 

Modo de Preparo

 

 

Bater todos os ingredientes no liquidificador (menos o farfale e os tomates).

Cozinhar a massa e deixá-la al dente.

Escorrer a massa, misturar ao conteúdo do liquidificador.

Colocar num bowl fundo e adicionar os tomates cereja.

Servir imediatamente.

 

 

 

Previna-se

 

> Um estudo que acompanhou 5000 mulheres grávidas mostrou uma relação direta entre o uso profissional de solventes durante os 3 primeiros meses de gravidez e o nascimento de bebês com defeitos no coração. 

 

> O Comitê Organizador e o Comitê Olímpico Internacional estão preocupados com a saúde dos atletas competidores em Londres. Nos últimos meses 4 atletas de competição tiveram parada cardíaca. A chance de um atleta nascer com um problema que possa levar a uma doença futura no coração é de 100 para 1 e de morte 300 para 1. Condições como competições em temperaturas extremas como calor ou frio podem precipitar alterações cardiovasculares mesmo em atletas de alta performance. Reposição adequada de líquidos e minuciosa historia clinica e familiar podem ser fundamentais.

 

> Estudo australiano com mais de 40.000 mulheres na menopausa comprovou que o uso  prolongado de reposição hormonal está associado a um maior risco de  aumento da pressão arterial. Este achado foi mais frequente entre aquelas no inicio da menopausa entre 45 e 55 anos; já na faixa dos 70 anos este fato não foi observado.

 

> Três de cada quatro  americanos admitem que não usam  sempre suas medicações como prescrito por seus médicos assistentes. Na maioria das vezes o tratamento das doenças do coração é crônico e continuado, mesmo na ausência de sintomas.      

 

> A mortalidade em pessoas , ou seja atividade  regular no  3 vezes na semana é semelhante à daqueles que são fumantes.

 

Para você saber…

 

 

> A fibrilação atrial é uma alteração do ritmo do coração cada vez mais freqüente. Sua prevalência é maior entre os homens, porém nas mulheres há maior possibilidade de evolução para AVC ou morte. Além disto são elas que respondem melhor ao uso de anticoagulantes. 

 

> A trombose venosa profunda, a formação de um trombo sanguíneo numa veia  da perna, tem fatores de risco semelhantes aos da doença coronariana, como tabagismo diabetes e hipertensão arterial.

 

> Estudo em ratos mostrou um avanço na utilização de células tronco cardíacas tratadas com um agente "revitalizante" . Em corações com força de contração reduzida mostraram ser eficazes aumentando a força de contração do músculo cardíaco por mais tempo que estudos anteriores. Este é um importante passo na direção da utilização de células tronco para recuperação do músculo do coração.

 

> Estudo holandês mostrou um aumento 25 vezes maior de infarto nas 2 primeiras semanas após cirurgia de colocação de prótese de joelho ou quadril. Este risco permanece por 6 semanas para aqueles que fazem troca completa do quadril. Estes dados foram encontrados principalmente nos mais idosos e não nos até 60 anos de idade.

 

> A incidência de melanoma na pele está também aumentada naqueles que se submetem a bronzeamento artificial. Cuidado com este tipo de exposição também pois pode trazer os mesmos malefícios da exposição sem os devidos cuidados ao sol.

 

 

 

C A R L O S  S C H E R R  S E R V .  C A R D I O L  Ó G I C O S  L T D A .                 

Rua Visconde de Pirajá, 595 — 1204 — Ipanema — Rio de Janeiro — CEP 22410-003

Site

www.scherr.med.br

E-mail

carlos.scherr@all.com.br
Telefone Consultório

(21) 2294-1544

Celular | Urgências

(21) 8145-8005

Skype

carlos.scherr.serv.cardiologicos

 

Caso deseje RETIRAR seu e-mail desta lista, favor enviar e-mail para:

carlos.scherr@all.com.br no campo ASSUNTO escreva: RETIRAR E-MAIL DO NEWSLETTER


Copyright (C) 2008 *| Carlos Scherr Serv. Cardiológicos LTDA |* Todos os Direitos reservados.