Ano V -  número 08-  agosto/2013

 

 

 

 

 

> Estudo da Universidade de Michigan mostrou que o percentual de fumantes dentre os infartados é de 46,4% contrastando com os 20,5% encontrados na população geral.

Ainda mais a incidência de tabagismo em pacientes com diagnóstico de infarto é 11 vezes maior naqueles na faixa etária mais jovem, entre os 18 e os 34 anos, quando comparados com aqueles que tiveram obstrução das coronárias acima dos 65 anos.

 

> Mulheres diabéticas parecem ter maior chance de desenvolver alterações comportamentais e principalmente de memória que os homens ou mulheres não diabéticas, foi a conclusão que chegou um grande estudo alemão.

 

 

     

                    

 

Comer bem

 

RIGATONI E VERDURAS COM PERU.

 

Ingredientes:

 

400 gr. de peito de peru

300 gr. de rigatoni

1 cebolinha

1 molho de alho poro

3 dentes de alho

1 cenoura

1 pimentão verde

1 berinjela pequena

10 vagens

Azeite de oliva extra virgem

Sal, pimenta e salsa

 

 

Modo de Preparo:

 

Cortar o peru em cubos, adicionar sal e pimenta. Cozinhar com azeite

em uma panela com água por 5 minutos.

Acrescentar alho poró e umas folhas de salsa (reserve o peru e o caldo separado).

Tostar o rigatoni na frigideira e mexer para que não queime; quando dourar retire e reserve em um prato.

Cortar as hortaliças: alho, cebolinha, pimentão, berinjela, vagem e cenoura (picados).

Cozinhar em fogo médio por 5 minutos na mesma frigideira que foi feito a massa.

Junte a massa com as hortaliças cozinhar por mais 15 minutos, quando faltar 2 minutos

adicionar o peru em cubos sal a gosto, descansar alguns minutos.

Adornar com uma folha de salsa e servir.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Previna-se

 

> A American Medical Association recomendou no inicio do ultimo mês de julho, atenção a algumas ações médicas usadas em excesso ou desnecessárias. Entre elas o uso de antibióticos para infecções respiratórias de origem viral, partos programados para antes do tempo, excesso de transfusões sanguíneas e implante de STENTS intracoronários fora da fase aguda do infarto. Como exemplo cita o gasto de um bilhão de dólares este ano com o uso de antibióticos para infecções virais do trato respiratório superior.

 

> Estudo Holandês com mais de 15.000 indivíduos acompanhados por 10 a 14 anos mostrou que dormir pelo menos 7 horas a noite diminui o risco de complicações cardiovasculares em 22% e de morte por elas em 43% comparados com aqueles que dormem menos. Agora se a pessoa dormir pelo menos 7 horas, não fumar, ter uma alimentação saudável, fazer atividade física de moderada a intensa por 3,5 horas por semana e beber bebida alcoólica moderadamente, a chance e estes índices sobem respectivamente para 65 e 83%. 

 

> Um novo estudo aborda o tema consumo de café. Até hoje muito se fala sobre benefícios e malefícios desta bebida mas a maioria das pesquisas são de observação, o que não leva a uma definição. Na atual sugere que duas a três xícaras de café ao dia tem poder neutro em relação a saúde ou poderia trazer algum beneficio em termos de doença coronariana ou arritmias cardíacas, mas recomenda para os mais sensíveis aos efeitos da cafeína, como no caso de taquicardia, o uso na forma descafeinada. 

 

 

Para você saber…

 

 

> Estudo mostra que idosos franceses que se aposentaram com mais idade tiveram menor índice de aparecimento da Doença de Alzheimer. O achado foi que para cada ano acima dos 60 anos que a pessoa trabalha a chance de desenvolver a doença é 2% menor e se a aposentadoria for com mais de 65 anos, será 15% menor.

 

> Os 3 melhores hospitais americanos na avaliação deste ano foram, em primeiro Johns Hopkins em Baltimore seguido pelo Massachusetts General Hospital em Boston (o melhor na avaliação anterior) e a Mayo Clinic em Rochester. São avaliadas 16 especialidades e o Johns Hopkins ganhou por 21 anos exceto o ano passado.

 

> Estudo finlandês mostrou que pacientes tratados de pressão alta e que não tomam adequadamente sua medicação tem risco de sofrer um AVC fatal ou não. Tomar adequadamente a medicação e certificar-se que a pressão realmente esta controlada é fundamental mesmo na ausência de sintomas.

 

> O acompanhamento de mais de 3.000 pessoas por até 7anos mostrou uma relação direta entre a gordura localizada na barriga e o aumento de 44% no risco de doença cardiovascular e de 43%  de câncer. Mais ainda, quanto maior a barriga maior é o risco.

 

> Estudo americano levantou a longevidade de americanos aos 65 anos em relação a qualidade de vida. Encontrou-se diferenças de ate 7 anos em relação ao sexo, raça e até mesmo o estado em que a pessoa vive. Também a proporção de expectativa de vida em boas condições de saúde variou em até 17% entre o melhor estado e o pior onde o individuo mora. Como seria no Brasil?

 

C A R L O S  S C H E R R  S E R V .  C A R D I O L  Ó G I C O S  L T D A .                 

Rua Visconde de Pirajá, 595 — 1204 — Ipanema — Rio de Janeiro — CEP 22410-003

Site

www.scherr.med.br

E-mail

carlos.scherr@all.com.br
Telefone Consultório

(21) 2294-1544

Celular | Urgências

(21) 8145-8005

Skype

carlos.scherr.serv.cardiologicos

 

Caso deseje RETIRAR seu e-mail desta lista, favor enviar e-mail para:

carlos.scherr@all.com.br no campo ASSUNTO escreva: RETIRAR E-MAIL DO NEWSLETTER


Copyright (C) 2008 *| Carlos Scherr Serv. Cardiológicos LTDA |* Todos os Direitos reservados.